Todo mar é a lágrima de um peixe é a primeira etapa efetiva de viagens, parte do projeto em andamento Longe é um lugar perto de mim, iniciado em 2015, e tem por objetivo investigar os deslocamentos, as crenças pelo viés religioso e as violências sobre os corpos negros e miscigenados e das memórias afetivas da linhagem paterna no estado do Rio de Janeiro e de Minas Gerais.
 

A alusão do mar e do peixe na proposta vem de encontro com o espaço geográfico de nascença do meu pai, assim como lugar de travessia dos corpos. Como estratégica poética, utilizo o peixe para aproximar-me do meu genitor: um homem silencioso e imaginativo perante a sua ancestralidade. Metaforicamente me transformo em uma mergulhadora em busca do abeiramento paterno.

Retratos | Um corpo negro militar | Textos

IMG_0168.jpg
Sem título, 2019
Queda d'água, 2019
Retrato do meu avô, 2019
Bordado em algodão cru 3 x 4 cm
O abismo que existe entre nós, 2019
Retrato do meu pai, 2019

 
Arquivo Escaneado 18 copy.png
Arquivo Escaneado 19 copy.png
Um corpo negro militar, 2019
Arquivo pessoal
Gestos, 2019
Atravessamentos letais / Calibre 38, 2019

Fotografia digital
 
IMG_9543-3.jpg
Arquivo Escaneado_edited_edited.jpg
IMG_9482.jpg
 
Arquivo Escaneado 4.png
Arquivo Escaneado.png
Arquivo Escaneado 1.png
IMG_0153.jpg
IMG_0159__.png
IMG_0178.jpg
IMG_0181_.png
IMG_9531.jpg